Resenha de Give up the Ghost, de Megan Crewe

Livro: Give up the Ghost
Série: -
Autor: Megan Crewe
Gênero: Romance;YA
Páginas: 256
Resenha por: Luke


Sinopse: Cass McKenna prefere a companhia dos fantasmas a dos vivos. Fantasmas não são complicados e dependentes, e eles sabem os segredos de todos... E Cass adora saber os podres. Ela está na missão de explorar os segredos sujos de seus colegas de escola. Mas quando o vice-presidente do conselho estudantil descobre seu segredo, todo o esquema da Cass fica em perigo. Tim quer a ajuda dela para fazer contato com sua recém falecida mãe e Cass relutantemente concorda. Quando Cass começa a ficar irresistivelmente ligada a vida de Tim, ela se surpreende ao perceber que ele não é tão ruim quanto ela pensava – e que ele precisa de mais ajuda do que qualquer um pode imaginar. E talvez esteja na hora de dar outra chance para os vivos.
Cass seria uma adolescente como outra qualquer se não tivesse um pequeno detalhe de ver pessoas que já morreram. Isso mesmo, pessoas que já partiram dessa pra melhor. Em sua casa ela tem sua irmã que faleceu há quatro anos, a escola dois amigos fantasmas que contam tudo o que acontece na escola para Cass. Ela é uma menina solitária no quesito amigos e tem uma história do passado que faz com que ela seja assim, sozinha. Porém, a vida de Cass muda mais ainda quando um menino popular desconfia e começa a desvendar os seus segredos. Será que o seu segredo estará guardado por tanto tempo? As fofocas da escola estão com seus dias contados?
               
Ao começar a ler esse livro me senti assistindo ao seriado “Ghost Whisperer”, onde a personagem principal via e conversava com fantasmas e tentava resolver questões pendentes que deixaram aqui no mundo dos vivos.
                
Cass é uma menina que no começo pensamos ser uma menina retraída e solitária, e só. Porém, no decorrer da história isso vai mudando e mostrando que ela tem os seus motivos de ser desse jeito. Quatro anos atrás sua vida era do jeito que a maioria das adolescentes gosta na época de escola, rodeada de amigos. Entretanto, uma situação a impediu de continuar com esse estilo de vida e se tornou o bicho estranho do colégio.
                
A história não tem grandes conflitos, mas é bem leve para um YA. Pensei que o foco seria mais intenso na parte das fofocas da escola, mas não. Há outras situações que entraram no decorrer da trama, como o relacionamento com a família e até mesmo os julgamentos que as pessoas fazem com as outras pessoas.
                
A escrita da autora é envolvente, porém algumas partes me dispersaram por causa de alguns diálogos e até mesmo descrições desnecessárias da autora. É um livro previsível que você na metade já sabe quais conflitos vão ser inseridos no decorrer da trama e como eles serão solucionados.
                
Recomendo aos que gostam de um YA leve e bem humorado. Não é um livro maravilhoso, mas tem seuss pontos positivos que fazem o leitor se animar e querer saber o que acontece com esse dom tão misterioso de Cass. 






CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

topo