Resenha de The Wall of Winnipeg and me, de Mariana Zapata

Livro: The Wall of Winnipeg and me
Série: -
Autor: Mariana Zapata
Gênero: Romance
Páginas: 473
Resenha por: Luke
Vanessa é assistente pessoal de Aiden Graves, mais conhecido como A Muralha de Winnipeg. Ele é um dos mais importantes jogadores de futebol americano, sendo assim, sua vida é atarefada e seu foco é somente em sua profissão. Vanessa lava as roupas do jogador, cozinha, monitora suas redes sociais e mais um pouco. Cansada dessa vida e ainda mais ser tratada friamente pelo seu chefe, ela tem um desejo enorme de abandonar seu emprego e se dedicar ao seu sonho de trabalhar somente como designer gráfica. Certo dia, ela ouve uma conversa de Aiden e seu agente, após ouvir o agente falar dela e seu chefe não a defender, isso foi um gás para tomar sua decisão mais rápida. Ela se demite e está decidida em trabalhar arduamente, se preciso for, em sua profissão na qual se formou.
Semanas depois alguém bate na porta da casa de Vanessa. É Aiden, a última pessoa que ela pensava em ver. Sua visita basicamente é pedir que ela voltasse a trabalhar para ele. Assustada pela atitude do jogador, pois não tinha tendência a tal comportamento. Porém, essa visita também está carregada de motivações, deverá Vanessa decidir ou não voltar na vida dele. O que poderia ser apenas uma relação improvável, o tempo vai mostrando que a imprevisibilidade é a dose certa para certos sentimentos provarem que são reais e que podem frutificar.
Logo depois de ouvir falar deste livro, através do Henri B. Neto, do canal Na Minha Estante, fiquei curioso para ler. Henri gosta de determinados livros contendo determinados elementos como briga de cão-gato, o que também amo, pois torna uma leitura envolvente e menos melosa. Em “The Wall of Winnipeg and me” acompanhamos um enredo viciosa e amável.
Vanessa é uma jovem de 26 anos e está cansada de trabalhar para seu chefe há dois anos, pois não é o que quer para seu futuro e tendo um adicional que seu chefe é um homem frio e ríspido com ela. Sua história de vida não foi nada fácil, mas pela sua força de vontade conseguiu superar e alçar grandes voos. Aiden é um homem gigante, apelidado pela sua assistente como Hulk. A prioridade de sua vida é a profissão, tem poucos amigos e não é nada sociável. Seu comportamento para com Vanessa é de uma distância de Porto Alegre à Recife. Mas quando perdemos algo, aí que damos valor, não é mesmo? E não foi diferente para Aiden quando perdeu sua fiel assistente que fazia atividades além daquilo que foi contratada. Imprevistas surgem em sua vida e sua única atitude é correr atrás do prejuízo e pedir de volta Vanessa em sua vida. Não será nada fácil trazê-la de volta, mas se usar sua insistência e teimosia, talvez amoleça aquele coração que está carregado de raiva e rancor por ele não tê-la defendido quando seu agente falou dela e nunca tê-la tratado como merecia.
Confesso que o início da história é um pouco arrastado, mas tudo isso mudou de parâmetro quando me mostrou cenas e diálogos sagazes. Uma história que poderia ser apenas clichê me mostrou algo a mais. Duas pessoas incompatíveis encontram o amor e a amizade em momentos importantes e banais. Vanessa é a voz narrativa da história, e através dela acompanhamos sua história e como é o avanço de sua relação com Aiden. O ponto alto da trama sem dúvida é a evolução da relação entre o casal, pois começaram como dois desconhecidos, depois amizade e por fim, um sentimento arrebatador que até ambos se assustam.
Apenas um livro que li de Mariana já me despertou a vontade de conhecer todas as histórias nas quais ela escreveu ou escreverá. Esta autora conseguiu me prender de uma maneira que ficava pensando nele até quando não estava lendo. Um enredo envolvente e instigante. Uma escrita atraente e deliciosa que nos faz ficar viciados pouco a pouco. Personagens que passamos a amar mais no decorrer da trama e quando terminamos ficamos sofrendo.
Para os fãs de um bom romance e ama se envolver em uma história bem escrita, “The Wall of Winnipeg and me” é uma ótima pedida. Além de personagens muito bem construídos, encontramos neste romance sobre: amizade, superação e quando o amor nos encontra não há como ele ser contido. Leiam, apenas leiam!

 

CONVERSA

1 comentários:

  1. Eu simplesmente amo esse livro.
    Li três vezes seguidas.
    Torcendo muito pra Mariana Zapata lançar a continuação sob o ponto de vista do Aiden ♡

    ResponderExcluir

topo